NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sexta-feira, 13 de maio de 2016


O Tribunal de Contas do Estado do Acre, por meio de sua assessoria de comunicação, vem a público informar que, até o presente momento não se pronunciou, no âmbito de sua competência constitucional, sobre as aposentadorias dos servidores que ingressaram irregularmente no serviço público.

Portanto, consideramos improcedente a matéria publicada hoje, 13 de maio de 2016, no portal de notícias Contil Net, intitulada “Após TCE barrar aposentadorias, CUT mobiliza sindicatos em defesa dos 11 mil irregulares no AC”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *