TCE abre processo para apurar a falta de licitação no Bujari

Sexta-feira, 27 de junho de 2014


DSC 1136Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) decidiram na manhã desta quinta-feira abrir um processo autônomo para apurar a compra de bens sem a realização de licitação na prefeitura de Bujari. A irregularidade foi encontrada na prestação de contas de 2011, quando o Pode Executivo municipal era administrado por João Edvaldo Teles de Lima.
Segundo os auditores do Tribunal, ainda foram constatados outros problemas, como dívidas deixadas para o ano seguinte sem a cobertura financeira e a falta de documentos contábeis.
No processo julgado, o ex-prefeito adquiriu R$ 1.394.682,90 em material de consumo, bens e serviços sem cumprir a lei que determina a realização de processo licitatório.
Citado para se defender de todas as irregularidades, João Edvaldo Teles de Lima pediu mais prazo para responder, mas não apresentou a documentação necessária para responder as faltas encontradas.
Com tantos problemas, as contas foram reprovadas, o ex-prefeito foi multado em R$ 3.570. Os conselheiros ainda decidiram encaminhar uma cópia do processo ao Ministério público estadual (MPE).
Na mesma sessão, a prestação de contas da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) foi aprovada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *