Artista plástico realiza exposição no TCE-AC

Quarta-feira, 13 de junho de 2012


Por Renan Pereira

O artista plástico Bab Franca apresenta, a partir desta quinta-feira, 14, parte de sua obra no salão nobre do Tribunal de Contas do Estado do Acre. A exposição de 26 quadros feitos com técnica acrílica sobre tela e madeira será precedida de um vernissage, com início às 16h.

As pinturas tem como símbolo a floresta e, como o próprio artista define, os índios estão presentes “de uma maneira sutil, cósmica e poética”. Ele afirma que existe uma utopia da pureza, a qual assegura que os índios isolados não o são na verdade. “Isolados de quem e de quê? Da coca-cola e do McDonald’s? Das doenças e da hipocrisia? Então eles estão com a fauna e a flora em estado de pura beleza, por enquanto. E esta utopia não é utopia, porque ela já existe, é uma maravilha da natureza a não ser tocada nunca”, discorre.

Admirador do Impressionismo e do Expressionismo – este do ponto de vista estético e gestual e o primeiro pela proposta científica e revolucionária e a maneira inovadora de fazer e ver a arte -, Bab Franca afirma que “Pop Art também é uma influência”.

Os quadros estarão à venda e ficarão expostos até o próximo dia 21 de julho. O email para contato é babfranca@gmail.com.

Biografia – Luiz Carlos de Farias Franca, mais conhecido como Bab Franca, nasceu em 13 de julho de 1955, em Juazeiro do Norte, Ceará. Com 1 ano de idade veio para o Acre, onde passou toda sua infância. Nos anos 70 começou sua carreira artística, após enviar para o Salão Nacional de Brasília 5 obras experimentais e todas serem selecionadas. A partir daí, fez muitas exposições coletivas no Brasil e no Exterior. Foi ele quem criou o grande mural em mosaico às margens do Rio Acre, vizinho à moderna passarela Joaquim Macedo, na capital acreana e também o mural em mosaico da Usina de Artes João Donato.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *