Procurador João Izidro é nomeado novo Chefe do MP Especial

Sexta-feira, 16 de dezembro de 2011


procurador joo izidro de melo neto  nomeado novo chefe do ministrio pblico especial 800x531“É com alegria e sentimento de responsabilidade que assumo o cargo hoje”. Com essas palavras, o procurador João Izidro de Melo Neto discursou no momento de sua posse como chefe do Ministério Público Especial do Tribunal de Contas do Estado do Acre, ontem, 15.  “Hoje é mais um degrau que consigo galgar aqui no TCE. Minhas atividades aqui remontam às suas origens”, disse ele, lembrando que ocupou diversos cargos na instituição.

Ele foi advogado da Corte, atuando em mais de 500 processos, assessor de conselheiro, assessor jurídico da Presidência, secretário das sessões, auditor substituto de conselheiro, até ser aprovado em concurso público para o cargo de procurador. Ao discursar, ele salientou que o Ministério Público Especial “possui plena independência funcional, da qual decorre a impossibilidade de submissão administrativa e hierárquica”. Ele afirmou que promete agir com exatidão e justiça na fiscalização do cumprimento da lei.

O exercício para o cargo se inicia em 01 de janeiro do próximo ano, para o biênio 2012/2013. Sobre a atuação no Ministério Público Especial, o procurador João Izidro de Melo Neto afirma que pretende melhorar a estrutura. “O TCE tem chamado novos concursados, o volume e a qualidade de processos vêm aumentando”, afirma ele, ressaltando que as mudanças dependem da decisão da Corte.

“Desejo longevidade e saúde ao novo procurador chefe. Que possamos trabalhar harmoniosamente em prol dos interesses do Acre”.

(Conselheiro José Augusto Araújo de Faria)

 “Parabenizo o procurador Sérgio Cunha, pela profícua administração no tempo em que atuou na chefia e desejo um bom trabalho ao novo procurador chefe”.

(Conselheiro Valmir Gomes Ribeiro)

“O Tribunal veio a ganhar com a presença de vocês dois, Procuradores Sérgio Cunha e João Izidro”.

(Conselheiro Antonio Cristovão Correia de Messias)

 “O MPE tem sido decisivo para o nosso dever de julgar as contas. Se direito é bom senso, teremos nas sessões serenidade e justiça expedidas nos pareceres”.

(Conselheira Dulcinéa Benício de Araújo)

 “É um privilégio trabalhar com o MP que temos. Muito equilibrado e correto”.

(Conselheira Naluh Maria Lima Gouveia dos Santos)

 “Agradeço especialmente aos servidores do MPE, pelo trabalho nesses 2 anos. E que os próximos sejam coroados com êxito”.

(Procurador Sérgio Cunha Mendonça)

 “Procuramos construir um Tribunal que acompanhe em tempo real as políticas públicas. Desejo aos servidores um Feliz Natal e próspero Ano Novo”.

(Presidente do TCE, Ronald Polanco Ribeiro)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *